Instituto Maurício de Nassau

22 de Março de 2013
Autor admin - Postado em Artigos, Economia, Pesquisa |

O consumidor recifense está mais cauteloso

Segundo levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), o Índice de Confiança do Consumidor Recifense (ICC) do mês de março foi de 97,9%, o que representa uma redução de três pontos em relação ao mês anterior e de 1,8 ponto quando comparado ao mesmo período do ano passado. O resultado demonstra que consumidor está mais preocupado em relação às compras. O dado é um dos mais baixos desde setembro de 2012.

Segundo o IPMN, a falta de confiança está relacionada aos últimos índices econômicos divulgados como baixo crescimento do PIB, inflação em alta, além de incertezas no exterior que afetam diretamente o desempenho do mercado interno. De acordo com o estudo, o otimismo em relação às finanças pessoais alcançou o dado de 56,7%.

O principal reflexo dessa retração está no desejo de se comprar bens duráveis. Pelo levantamento, a intenção de se adquirir esses itens está 3% menor do que o registrado em março do ano passado. Os segmentos com maior retração na demanda foram o de móveis (-5%), informática (-3%) e automóveis (-12%).

Por outro lado, a procura por eletrônicos e eletrodomésticos deve ter um aumento de 21% e 1%, respectivamente. Já a demanda por bens não duráveis, como roupas e calçados, deve continuar aquecida, com crescimento médio de 9%. Contudo, espera-se um aumento na confiança nos próximos meses uma vez que a maior parte dos entrevistados acredita que a situação profissional será melhor em seis meses.

Deixe seu comentário!

As opiniões postadas neste blog não refletem necessariamente a posição deste Instituto.

Copyright © Núcleo de Tecnologia da Informação - ESBJ

Recife

Endereço: Rua Manoel Caetano, 132, Derby, Recife-PE - CEP.: 52010-220
Contato: 3413-4611

Uma instituição do Grupo Ser Educacional